Psicologia Clínica é indispensável para um desenvolvimento equilibrado da personalidade

O recurso à Psicologia Clínica em situações única e exclusivamente de emergência é insuficiente face às necessidades reais de intervenção psicológica no crescimento e desenvolvimento de crianças e jovens. Situação idêntica deve ser sublinhada ao nível dos adultos que sofrem de algum tipo de desconforto psicológico (mesmo que não seja patológico). Estas ideias são defendidas por Jorge Gravanita, vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Psicologia Clínica. Veja a entrevista que a Saber Viver Lisboa TV fez ao especialista que refletiu sobre as relações entre a Psicologia Clínica e a Psiquiatria e desmistificou várias ideias na área da saúde mental. Uma conversa a não perder, pelo lançamento de pistas para debate e mudança de perspetivas em saúde mental, em Portugal.

Entrevista de Daniela Gonçalves
Imagem de Luís Filipe Ramos
Saber Viver Lisboa TV
2014

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s